• http://www.moveloo.com/http://www.sarafoss.info/http://www.dutchsexfilm.com/http://www.shob.info/sex filmhttp://www.totalhes.com/http://www.tripcute.com/http://www.reeldreamsphotography.com/http://www.banttube.com/guzel-porno.htm
  •  
        Register    

    Ferramentas»Artigos»Sabático - Período de Descanso e Renovo
      Imprimir Minimizar
    Sabático – Período de Descanso e Renovo
    Luciene Schalm
     
    Definição:  período para parar e refletir, pensar, descansar, curtir, olhar as coisas sob outra perspectiva e dimensão.  Avaliar o que sou e o que eu posso ser, criar uma nova condição para o equilíbrio mental, físico e espiritual.  Revisão da alma, oxigenação, se comprometer melhor com a visão que Deus lhe deu.  Coragem para perceber o novo.
    Origem do sabático:
    O termo sabático tem origens mitológicas e religiosas.  Vem do hebraico shabbath,  em latim sabbaticu.  A palavra significa, entre outras coisas,  repouso, dia de descanso.  Designa o dia  semanal de descanso dos judeus, incorporado ao nosso calendário.  De mesma etimologia é a palavra sabá, que se refere às reuniões sabatinas – e mais do que pagãs – atribuídas a bruxos e bruxas na idade Média.  Mas a verdade para nós cristãos é que o sabático ou dia de descanso sábado teve a sua origem logo após a criação. Gn 2.2-3.   Era observado no sétimo dia da semana.  Nesse dia, o povo de Israel descansava e relembrava o trabalho da criação de Deus. 
    Bases bíblicas:
    ·        Gn 2.2-3 Sábado
    ·        Ex 20.8-11; 31.12-17 Sábado
    ·        Lv 23.3 Sábado
    ·        Dt. 5.12-15 Sábado
    ·        Ex. 23.10-11 Ano sabático
    ·        Lv 25.1-7; 20-22; Ano sabático
    ·        Dt 5.1-18 Ano sabático
    ·        Lv 25.8-55; 27.17 Ano de Jubileu
    ·        Ez 46.17Ano de Jubileu
     

    Curiosidades

    Dia do sábado:  Funciona da noite do sexto dia, após o por do sol,  até à noite do dia seguinte. O próprio Deus designou e usufruiu deste descanso após a criação. Propósito: descansar do trabalho, honrar a Deus e refletir sobre a aliança de Deus com Israel. Comemorar o término da criação de Deus.  Significado profético: Jesus é o Senhor do Sábado Mc 2.23-38.
     
    Ano sabático: Todo sétimo ano. Propósito: a terra ficava sem cultivo por um ano a cada seis de produção para descansar e readquirir fertilidade.  A cada cinqüenta anos, portanto sete períodos sabáticos, comemorava-se o ano do jubileu, em que os endividados eram perdoados, os escravos libertados e as propriedades penhoradas devolvidas.   Em relação à terra, era para permitir que a mesma descansasse ou permanecesse sem plantio. Significado profético: Deus nos deu descanso, perdão e liberdade por meio de Jesus Cristo. Mt 11.28; Jo 8.36 e Ef 1.7
     
    Ano do Jubileu: O qüinquagésimo ano depois de sete anos sabáticos.  Propósito: Proclamar liberdade para aos que se tornaram escravos por causa de dívidas.  Retornar a terra a seus antigos donos.  Regozijar-se e celebrar – sem plantar.  Significado profético: essa observância retrata a libertação do pecado que vem através de Cristo. Jô 8.36. Gl 5.1
     Perguntas e observações que você pode fazer ao pensar em um período sabático:
     
    Você pode fazer as seguintes perguntas antes de começar o seu período sabático:
     
    1. Qual o grau de satisfação com o trabalho que faço? 
    2. Meu trabalho é conflitante com meus valores e desejos? 
    3. Preciso parar para pôr as idéias em ordem? 
    4. Preciso reciclar? 
    5. Como anda a minha saúde física, emocional e espiritual?
    6. Nos dias de hoje precisamos de períodos sabáticos?
    7. Sou escravo do meu trabalho?
    8. Que tipos de dividas tenho nos dias de hoje, financeiras, tempo coma família, tempo para mim mesmo?
    9. Sou escravo do meu trabalho, ministério ou de outras coisas?
    Ter convicção de que o período sabático é importante para a empresa, igreja, mas depende basicamente do projeto pessoal.   A empresa/igreja só acompanha e se solidariza.
    O ideal é que o desejo do sabático seja de convicção de quem vai fazê-lo e se o desejo do sabático é seu, você deve solicitar aos seus lideres com convicção, você não pede, apenas comunicar que tem um projeto e solicita apoio para ele.

     

    Motivos para se fazer um período  sabático:

     
    1. Querer se dedicar a temas de profundo interesse pessoal, como entender a história da família, conhecer a terra dos antepassados, fazer retiro para reflexão, enfim algum centro de interesse particular, ainda que desvinculado da vida profissional.
    2. Questão de saúde mental e física: como necessidade de romper um ciclo de intoxicação por dependência, consumismo, ativismo, busca inclemente de status ou por outros hábitos pouco saudáveis.
    3. Estresse, depressão, ansiedade e esgotamento.
    4. Motivo salutar de ascender profissionalmente, refletir sobre o significado social do seu trabalho.
    5. Desenvolver um novo trabalho ou assumir outra posição na empresa/igreja.
    6. Ter maior tempo ou dedicar um tempo exclusivo para a família.
    7. Recompor-se e buscar mais harmonia no retorno à organização.
    8. Conhecer-se e descobrir se esta no local certo.
    9. Buscar novos rumos, mudanças.
    10. Realizar planos que estava há anos no pensamento, sem oportunidade de se encaixar na rotina de trabalho.

    Após ter a convicção para o sabático, que passos devemos seguir:

    1. Definir o local para o seu sabático, a escolha deve ser feita após avaliar diversas possibilidades.  Dependendo do local, verificar o que é necessário para ir para este local, como: custos, língua (cursos), clima e implicações.
    2. Ter disposição até para mudança de local, caso isto for necessário.
    3. Descobrir qual é o motivo do sabático e desenvolver um projeto.
    4. Definir o tempo de duração.
    5. Estabelecer a data com interdependência com seu líder, chefe, família e igreja.
    6. Preparar-se psicologicamente e preparar também as pessoas envolvidas até mesmo para as possíveis mudanças, durante e após sabático.

    Investimento preparatório:

     
    Preparar o projeto exige investimento.
    1. Um ou dois anos para classificar metas.
    2. Ler pesquisar dados sobre o que se pretende fazer.
    3. Vencer as barreiras dos mas...
    4. Amadurecer a decisão para que o sabático possa ser frutífero.
    5. Rever a vida pessoal e profissional e questionar o quadro de prioridade em que tem vivido
    6. Serenidade e sem dramas.
    7. Equilíbrio entre a capacidade de sonhar e a de planejar
    8. Planejar questão de moradia, escola de filhos, pais idosos e outros detalhes.
    9. Checar o estado de saúde.

    Iniciativas criativas para financiar o sabático

     
    1. Depende do modelo decidido, terá que estabelecer a forma de planejar ou operar.
    2. Encontrar patrocinadores financeiros, local, passagens e etc. (pode ser empresas, universidades, amigos empresários e ou mantenedores)
    3. Divisão de despesas entre o patrocinador e a pessoa que fará o sabático.
    4. Fazer uma poupança que cubra as despesas.
    5. Juntar dinheiro por um determinado tempo.
    6. Vender alguns bens ou utensílios; vender ou alugar um imóvel.
    7. Conciliar remuneração, ainda que baixa, com aprendizagem e reflexão.
    8. Não fazer a questão financeira virar desculpa.
    9. Ocupar a casa de campo ou de praia de algum amigo em troca de cuidar do jardim e da casa por um tempo.
    10. Há empresas que continuam remunerando normalmente pessoas no sabático.
    11. Aceitar um trabalho de courier para poder viajar de graça pelo mundo.
    12. Trabalhar em dois lugares por alguns meses antes de sair.
    Quando a minha liderança descobre que eu preciso de um sabático e eu não reconheço:
     
    1. Se você tem um líder pastoral, reconhecer que ele é a pessoa colocada por Deus e com seu consentimento para mentorear a sua vida.
    2. Ouvir a voz de seus líderes, pois nós devemos submeter à autoridade deles; pois eles prestaram conta a Deus. Hb 13.17
    3. Se o seu estresse não estiver atrapalhando o seu ouvir a Deus, ore e ouça o que Deus quer para você.
    4. Pedir a sua liderança um plano ou planejamento estratégico do seu período sabático por escrito, contendo quanto tempo de duração, quem vai lhe substituir, como fica a sua volta, quem vai comunicar as pessoas que você lidera, se você é remunerado, como fica a sua remuneração e seus privilégios e direitos.

    Bibliografia

     
    Sabático – Um tempo para crescer de Herbert Steinberg; Editora Infinito; Segunda Edição