Register    

Ministérios»Equipes Pastorais »Visão Bíblica de uma Equipe Pastoral
  Imprimir Minimizar
Visão Bíblica de uma Equipe Pastoral
 
A. A Visão de Equipes no Antigo Testamento
  1. Esta visão é demonstrada na própria natureza da Trindade (Gn 1.26).  Uma reflexão sobre a Trindade pode gerar princípios importantes quanto a equipes.
  2. A visão que estava no coração de Deus é apresentada na criação do homem e da mulher (Gn 1.27, 28; 2.18; 2.24).  Uma reflexão sobre a criação do homem - macho e fêmea – também pode ilustrar princípios valiosos quanto a equipes.
  3. O Antigo Testamento, para ser honesto, não dá muita evidência de valorizar o trabalho em equipe.  A história se desenvolve ao redor de homens e mulheres de renome, gigantes espirituais, mas sem muitos exemplos de trabalho em equipe.  Você pode pensar em alguns exemplos do Antigo Testamento que demonstram um trabalho em equipe?
  4. Alguns exemplos de equipe incluem:
    1. Moisés e Arão (Êx 4.10-16)
    2. Moisés, Arão e Miriã (Êx 15.20; Nm 12.1-16). [1]
    3. Os homens valentes de Davi (1 Cr 11.10)
    4. Os amigos de Daniel (Dn 1.7)
    5. Existem muitos benefícios do trabalho em equipe.  Após a leitura de Eclesiastes 4.9-12 abaixo, anote os benefícios que você depreende desta passagem.
“9 Duas pessoas juntas podem lucrar muito mais do que uma sozinha, porque o seu trabalho vai render mais.  10 Se uma delas cair, a outra a ajuda a levantar-se; mas o homem sozinho, quando cai, está em má situação.  11 E quando a noite está fria, duas pessoas usando o mesmo cobertor esquentam uma à outra.  Mas, uma pessoa sozinha, como vai se esquentar?  12 Uma pessoa sozinha corre o risco de ser atacada, mas duas pessoas juntas podem se defender melhor.  E se forem três, melhor ainda; a corda trançada com três fios não arrebenta facilmente”  (BV). 
  1. Um estudo de caso: Moisés como líder solitário
    1. O conselho de Jetro para Moisés (Êx 18.13-24).  Ao ler a passagem a seguir, sublinhe as frases que indicam o valor e os princípios chaves do trabalho em equipe (às vezes pelos problemas que surgem na falta de uma equipe).  Anote esse valor ou princípio na margem ou embaixo do versículo.

      “13 No dia seguinte, Moisés tomou o assento de juiz.  Ficou ali ouvindo e resolvendo os problemas e queixas do povo, desde cedo até o pôr do sol.  Era assim que fazia sempre. 
      14 Quando Jetro viu aquilo, ficou espantado, “Por que você faz tudo isso sozinho?  E fica todo mundo de pé o dia inteiro na fila, esperando você resolver os problemas deles!” 
      15, 16 “É o povo que me procura,” disse Moisés.  “Cada vez que uma pessoa tem queixa contra outra, elas me procuram para que eu decida quem tem razão.  E vou aplicando a todos os casos as Leis e mandamentos de Deus.” 
      17, 18 “É, mas não é bom assim,” disse Jetro.  “Desse jeito você e o povo vão acabar tendo esgotamento!  Esse trabalho é pesado demais.  Sozinho, você não vai agüentar muito tempo.  19, 20 “Escute o meu conselho – e que Deus o abençoe!  Você deve trabalhar como representante do povo diante de Deus.  Assim você levará a Deus as causas do povo.  Além disso, você deve governar o povo.  Deve ensinar a todos as Leis de Deus e mostrar como deve ser a conduta e quais são os deveres deles.
      21-23 “Mas deve escolher homens que ajudem como juizes e advogados de causas menores.  Devem ser homens competentes, tementes a Deus, amantes da verdade, inimigos da avareza.  Uns serão responsáveis por grupos de mil pessoas, outros cuidarão de grupos de cem, outros, de grupos de cinqüenta e outros, de grupos de dez pessoas. . .  Quando aparecer algum caso grave, eles o trarão a você.  Mas todos os casos simples, eles mesmos resolverão.  Com isso, a sua carga ficará mais leve.  Na verdade, eles estarão ajudando você a levar a carga. . .”
      (Êx 18.13-23 - BV)

    2. Moisés e os 70 anciãos:  O conselho de Jetro foi de grande ajuda, mas a passagem a seguir indica que mesmo assim Moisés ainda não conseguira resolver sua solidão e falta de equipe.  De novo, sublinhe frases que indicam o valor ou princípios chaves do trabalho em equipe.  Anote na margem ou abaixo do versículo 

“11 Moisés perguntou ao Senhor: “Por que o Senhor me faz sofrer e não me ajuda, dando-me essa carga tão pesada de dirigir esse povo?  12 Por acaso eles são meus filhos?  Por acaso tenho de carregar o povo no colo até a terra prometida, tal como uma enfermeira faz com a criancinha recém-nascida para levá-la até à mãe? 
 

14 . . . Sozinho não consigo dirigir este povo, pois é tarefa pesada demais para mim.  15 Por isso, se o Senhor vai continuar a me tratar assim, será um favor o Senhor me matar, ou então tire-me desta situação!
 
16 Então o Senhor disse a Moisés, “Reuna diante de mim setenta dos líderes de Israel, porque eles ficarão com você na frente do Tabernáculo ajudando a dirigir o povo.  17 Virei ali, conversarei com você, e tirarei o Espírito que está sobre você para colocar também sobre eles.  Para que você não carregue sozinho a carga que é dirigir o povo, os setenta o ajudarão” (Nm 11.11, 12, 14-17 - BV).
 
B. A Visão de Equipes no Novo Testamento 
  1. A visão de Jesus
    1. Trabalhando em equipe com o Pai e Espírito Santo (Jo 5.19; 8.47; 14.25, 26; 16.7-15)
    2. As equipes de Jesus: Os Doze (Mc 3.14; Lc 6.12-13); Os Três (Mt 17.1-13)
    3. Enviando equipes missionárias de dois em dois: Os Doze (Mt 10); Os Setenta (Lc 10)

  2. A visão na Igreja Primitiva
    1. Os Doze (At 1.13; 2.14, 43; 5.12, 29; 6.2)
    2. Os Sete (At 6.1-7)
    3. Pedro prestando contas quanto a pregar o evangelho para os Gentios (At 11.2-4, 11-12, 18), não agindo de forma independente.
    4. Barnabé e Paulo (At 9.26, 27; 11.25-26; 13.1, 2, 7)
    5. Os Cinco (At 13.1)
    6. As equipes de Paulo com Barnabé (At 13.13-15.36), Silas (At 15.40 em diante), Timóteo (At 16.1-3 em diante), Lucas (At 16.11-40 e outros momentos), Priscila e Áquila (At 18), Tito (2 Co 2.12,13; 7.5-7) e Erasto (At 19.22).  Pelo menos sete outras pessoas são indicadas por nome (At 20.4) e outras tantas alistadas ao final de suas cartas.
    7. Os apóstolos e anciãos (At 15.6, 22, 23; 16.4)

  3. O ensino do Novo Testamento
    1. A vida do Corpo, especialmente à luz de dons espirituais (1 Co 12-14; Rm 12.3-8; Ef 4.11-16)

      “12 Nossos corpos têm muitos membros, porém esses muitos membros formam um só corpo quando são todos postos juntos.  Assim acontece com o “corpo” de Cristo  13 Cada um de nós é um membro deste corpo único de Cristo.  Alguns de nós somos judeus; outros, gentios; alguns são escravos e outros, livres.  Entretanto, o Espírito Santo encaixou-nos todos juntos num só corpo.  Fomos batizados no corpo de Cristo pelo único Espírito, e todos recebemos esse mesmo Espírito Santo.  14 Ora, o corpo possui muitos membros, não um só”. (1 Co 12.12-14 - BV).

    2. Os cinco ministérios de Ef 4.11-16: apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres.  Tendo a mesma missão (vv. 12-16), faz sentido trabalharem em conjunto.

      “Sob sua direção (a de Cristo) o corpo inteiro se ajusta perfeitamente, e cada um dos membros em sua maneira particular auxilia os outros membros, de tal modo que todo o corpo saudável, está em crescimento e cheio de amor” (Ef 4.16 - BV).
       
    3. O modelo de colegiado na liderança da igreja

At 13.1 - Os Cinco

At 14.23 - “Paulo e Barnabé designaram-lhes presbíteros em cada igreja; tendo orado e jejuado, eles os encomendaram ao Senhor, em quem haviam confiado” (NVI).

At 20.17-37 - Os presbíteros ou anciãos de Éfeso.  Entre outras coisas, Paulo diz o seguinte para eles:

   

“Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os colocou como bispos, para pastorearem a igreja de Deus, que ele comprou com o seu próprio sangue” (At 20.28 - NVI).

 

“E agora, tomem cuidado!  Não deixem de alimentar e pastorear o rebanho de Deus, - a igreja dEle, comprada com o seu sangue – pois o Espírito Santo está entregando-lhes a responsabilidade como supervisores” (At 20.28 - BV).
 

“A razão de tê-lo deixado em Creta foi para que você pusesse em ordem o que ainda faltava e constituísse presbíteros em cada cidade, como eu o instruí”  Tito 1.5 (NVI).
 

Para concluir, podemos destacar quatro passagens chaves quanto a uma visão bíblica de equipe.  Elas são: 
  1. Gn 1.26 – A Trindade como equipe
  2. Êx 18 e Nm 11 – A equipe de Moisés
  3. Ef 4.11-16 – A igreja como equipe e liderado por uma equipe
  4. At 13.1 – A liderança da igreja como equipe pastoral 
Volte à página anterior sobre O Que é uma Equipe, ou continue essa reflexão vendo mais detalhes sobre Fases na Formação de uma Equipe Pastoral.
 
[1] Não era muito comum ter mulheres líderes nos tempos da Bíblia.  Mesmo assim, há uma lista significante de profetizas mencionadas na Bíblia, incluindo Débora (Jz 4.4.), a esposa de Isaías (Is 8.3), Hulda (2 Re 22.14), Noadia (Ne 6.14), Ana (Lc 2.36) e as filhas de Felipe (At 21.9).  Veja At 2.17, 18.